90 Anos Em Folha

            Fugindo um pouco da proposta do blog de trazer comentários sobre cinema e música pop, esse post é sobre uma dica cultural muito interessante para todos. É a exposição ’90 Anos em Folha – Imagens do Brasil Moderno’, sobre os 90 anos de um dos jornais mais importantes do país, a Folha de São Paulo. A exposição, que acontece no Museu da Imagem e do Som (MIS) reúne os principais acontecimentos que fizeram história durante todos esses anos em que o jornal esteve em circulação.
             Num ambiente super agradável, os principais fatos históricos são postos numa linha do tempo que está exposta por quase todo o 1o andar do museu. Com textos e fotos, mergulhamos numa viagem pelo passado, que deve enriquecer o conhecimento de todos os jovens que irão a exposição e relembrar os mais adultos dos fatos vividos no Brasil e no mundo desde 1922. Estão presentes fotografias e notas sobre os mais diversos fatos, a maioria envolvendo política (como já era de se esperar), mas sem menosprezar questões sociais, culturais e econômicas que marcaram as capas do jornal. Além do mais, as 90 capas mais importantes também estão expostas e impressas em qualidade altíssima, possibilitando mais detalhes sobre os fatos históricos e também uma interessante experiência ao observar as mudanças que ocorreram com o periódico durante todo os 90 anos. Destaque para a capa com a manchete ‘Causam viva apreensão nos EUA os DISCOS VOADORES’, quando Washington ficou em estado de alerta por causa de possíveis seres extraterrestres, na edição de 30 de Julho de 1952, mesma que retrata, com menor destaque, o enterro de Eva Perón, importante figura da história argentina.
             Logo na entrada, a história do jornal é contada: A 1a edição da então chamada ‘Folha da Noite’, criada para ser um jornal das novas camadas urbanas, era impressa ás vésperas de uma eleição em 1921. Alguns anos depois, surgiram a ‘Folha da Manhã’ e a ‘Folha da Tarde’, que depois de um tempo se tornaram um único jornal. Outra coisa muito interessante da exposição é um painel com todas as etapas da produção de uma notícia até o fechamento da edição, e, sinceramente, dá vontade de levar a parede para casa.
            Mas o que parece ser mais legal de tudo o que está exposto são as sessões de cinema: recriando a sensação proporcionada quando foram exibidos, os filmes estão com a projeção mais próxima do original, com a ‘qualidade da época’, ou seja, em rolos de 35mm. O melhor é que depois de alguns determinados filmes acontece um debate com algum crítico da Folha.
            Portanto, quem se interessar deve conferir a exposição, que fica aberta até agosto. Ela é gratuita, com exceção das sessões de filmes, que só são gratuitas de quinta feira. Vale a pena!

      

Um comentário em “90 Anos Em Folha

  • 30 de maio de 2011 a 20:56
    Permalink

    hahaha oi fabri!
    s2
    s2
    hahaha zuera, vc sabe que eu acho 'meio' gay mas tudo bem

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *