2011, O Ano do Pop

            Há males que vem para bem. Como a crise de 2008 que diminuiu o público dos shows nos principais lugares do mundo ou um festival de rock que voltou ao Brasil depois de muitos anos fora com uma diversificada line-up, mas limitado a apenas uma cidade, o Rio de Janeiro. Ambos podem ser considerados responsáveis pela onda de shows internacionais que invade o Brasil e a América Latina em 2011.
            A verdade é que o Brasil, entre outros paises latinos, se tornou a mina de ouro para as organizadoras de shows internacionais. Além do público praticamente garantido, os shows podem ser feitos em locais enormes e ainda são cobrados valores absurdos para os ingressos. Fora que o público surprende os artistas sempre com a animação.
            No maior festival de rock do mundo, cinco grandes cantoras pop marcam presença, duas delas no dia de abertura do festival. São elas: Rihanna, Katy Perry, Shakira, Joss Stone e Ke$ha. Além de representarem com força o pop no festival, as cantoras percorrem o Brasil (ou pelo menos São Paulo) com a estrutura de suas turnês. Enquanto o Rio verá todas essas praticamente juntas, São Paulo gastará uma fortuna a mais para assistí-las separadamente, mas com a vantagem de verem o show completo, com toda a estrutura da turnê mundial, que não deve estar presente no Rock In Rio. Dessas, apenas Joss Stone não confirmou outras datas.
            Fora o Rock In Rio, mais gente veio fazer a festa por aqui. Em março, Shakira trouxe para a América Latina o primeiro festival de música pop, que não teve muita música pop além da própria colombiana, mas marcou presença com Train, Chimarruts, Ziggy Maley e FatBoy Slim, sendo três dessas bandas atrações internacionais. Logo em seguida, Miley Cyrus veio com a turnê ‘Corazon Gitano’, que promove o album ‘Cant Be Tamed’ apenas na América Latina e na Austrália. No meio de tudo isso, a banda irlandeza U2 também lotou várias datas no Estádio do Morumbi, com o mesmo show lançado ano passado em dvd por aqui.
            E não acabou: Avril Lavigne chega ao Brasil com cinco apresentações, duas delas em São Paulo. Logo no comecinho de agosto, outro que chega é o Ricky Martin, promovendo o album ‘Musica + Alma + Sexo’. E em novembro, a princesa do pop Britney Spears retorna com duas apresentações da ‘Femme Fatale Tour’. Justin Bieber também está para anunciar shows e Beyoncé voltará para divulgar o album 4 e pode ter certeza que, se tiver turnê, a diva retorna com certeza às terras brasileiras.
            Assim, 2011 é o ano mais marcado pela força pop no Brasil. Que venham ainda muitos outras atrações internacionais! Ah, e eu mencionei que a música pop parece estar com maior popularidade lá fora do que nos últimos anos? Ja diria a Ke$ha: ‘Don’t stop, make it pop’.

Próximas atrações:
17/09 – Rihanna no Anhembi
25/09 – Katy Perry na Chácara Jockey
28/09 – Ke$ha no Via Funchal (vespera do meu niver, vamo comemorar!)
18/11 – Britney no Anhembi

Um comentário em “2011, O Ano do Pop

  • 6 de setembro de 2011 a 01:50
    Permalink

    ler esse seu post me deixou com o coração mais apertadinho :( não vou poder ir no show da Rihanna :'( queria taaaaanto…

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *