Tributo à Etta James

             
                 Etta James, nascida em 1938, morreu hoje à tarde aos 73 anos. Mais do que uma simples cantora, ela foi a mulher mais importante do Blues. Na lista da revista Rolling Stones, é a 22ª cantora mais importante da história e ocupa o número 62 na lista dos melhores artistas. Ao longo de sua tragetória, conquistou milhares de fãs, 17 prêmios Blues Music e 6 Grammy, teve sua vida transformada em filme e inspirou grandes nomes da música pop atual.
                 Esse post é a minha pequena homenagem à esse grande nome da música. Mais do que trabalhos incríveis, como sua gravação da música At Last, obra mais conhecida da sua carreira, Etta inspirou a música pop e dois de seus maiores nomes, declaradamente: Christina Aguilera e Beyoncé. A primeira, desde seu primeiro álbum agradece à James, na turnê do segundo cantou seu maior sucesso e no terceiro álbum, Back to Basics,  menciona sua inspiração na introdução e todo o estilo da obra, um pop misturado com blues, jazz e soul, respira à Etta. Em 2010, o filme Burlesque, com Cher, trás duas canções, uma logo na abertura do filme, Something’s Got a Hold On Me, e também Tough Lover. A outra cantora levou o mito às telas do cinema: em Cadillac Records, Beyoncé é Etta James, num ótimo musical que conta a história da gravadora que deu fama à Etta. Na posse do presidente Obama, Bey cantou At Last, ao invés de escolher um de seus hits. Atualmente, uma música de Flo Rida com um sample de Something’s Got a Hold On Me, Good Felling, faz sucesso nas pistas internacionais.  
                 A morte de Etta James não é uma surpresa: ela sofria de leucemia, demência e hepatite, e já havia sido declarada em estado terminal. É importante que sua morte não passe em branco. Enquanto a maioria da mídia selecionará, nos próximos dias, apresentações memoráveis de Etta, deixo os dois tributos que eu adoro para mostrar que sua música ainda viverá por muito tempo. Descanse em paz, Etta James.

[Atualizado em 22/01] Confira a homenagem de Kelly Clarkson em seu primeiro show após a morte da estrela. I’d Rather Go Blind:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *