Entrevistamos o curador da exposição sobre Vittorio Storaro, diretor de fotografia de “Apocalipse Now”

Nessa quinta-feira, chega ao Pavilhão da OCA a exposição “Storaro: Escrever com a Luz – Dupla Impressão entre Fotografia e Cinematografia” , sobre o fotógrafo Vittoro Storaro. Diretor de fotografia de clássicos como “Apocalipse Now”, “Dick Tracy” e “O Último Tango em Paris”, o italiano permanece na ativa, trabalhando com Woody Allen em “Café Society” e no ainda inédito “Wonder Wheel”.

Confira a seguir a entrevista com Giovanni Storaro, curador da exposição:

Clique aqui para saber mais sobre o evento

Pop with Popcorn – Como você definiria a “história em movimento” contada ao longo da exposição?

Giovanni – A palavra “fotografia” significa “escrevendo com a luz”, mas em uma única imagem. Já “cinematografia” significa “escrevendo com a luz em imagens múltiplas”. A sobreposição de imagens em todas as fotografias da exposição mostra como se usa uma “fotografia” para contar uma história em movimento, tendo múltiplas imagens na mesma foto.

Quais características do trabalho do Storaro são as mais notáveis?

O uso dos principais meios da palavra “cinematografia” ao “escrever com a luz”. No movimento, uma história específica.

Como essas características aparecem em cada um dos estágios da exibição (Luz, Cor e Os Elementos)?

A vida pode ser representada através de partes diferentes da nossa jornada criativa. Vittorio Storaro viveu estágios deferentes de sua vida concentrado nos estudos, na pesquisa e em expressar a si mesmo através da representação visual de: primeiro, da luz; depois, das cores; terceiro, de elementos.

Quais trabalhos de Vittorio você considera os mais memoráveis? Qual seria considerada a sua obra-prima?

“Apocalipse Now”, “Reds” e “O Último Imperador” – cada um deles representa simbolicamente uma parte diferente de sua vida pessoal e criativa.

Como o estilo de Storaro se aprimorou ao longo de sua carreira?

O caminho da luz de Vittorio até “Wonder Wheel” (o mais recente filme de Woody Allen) é traçado tentando entender, através da criatividade, o significado de sua própria vida: a busca de um equilíbrio entre diferentes elementos.

Quais aspectos do trabalho do fotógrafo você quer ressaltar com a exposição?

A relação entre a sua jornada criativa e a sua jornada pessoal como ser humano.

Por Gabriel Fabri