Netflix na Quarentena: animações para ver em casa

Netflix na Quarentena: Com notícias cada vez mais assustadoras, somadas ao isolamento social da quarentena, é muito fácil cair na paranoia. Por isso é importante nos distrairmos um pouco e darmos uma relaxada no espírito para ficarmos ainda mais fortes na luta contra o coronavírus. Sabendo disso, separamos uma lista das melhores animações disponíveis na Netflix, perfeitas para você encarar esses tempos de pandemia.

Netflix na Quarentena: A Viagem de Chihiro

A Viagem de Chihiro – Hayao Myiazaki

Uma das animações mais cultuadas do animador japonês Hayao Myiazaki, A Viagem de Chihiro nos mostra a jornada de uma menina – a Chihiro, que dá nome ao filme. A aventura se inicia quando seus pais são transformados em porcos e ela tem que sobrviver em um mundo repleto de espíritos.

Netflix na Quarentena: Klaus

Klaus – Sérgio Pablos

Uma das maiores sensações do final de 2019, Klaus chegou a ser indicado ao Oscar de Melhor Animação. O longa metragem de Sergio Pablos nos mostra a história de um indolente e irresponsável carteiro que, junto com um introspectivo idoso, muda a realidade de uma afastada, cinzenta e triste cidade.

Netflix na Quarenta: Jack e a Mecânica do Coração

Jack e a Mecânica do Coração – Mathias Malzieu e Stéphane Berla

Essa animação belga pouco conhecida é capaz de derrubar cílios nos olhos até dos mais durões. Nela, somos apresentados a Jack, um garoto que nasceu em um dia tão frio que, para não congelar, teve o coração trocado por um relógio. A troca faz com que o menino passe a viver com uma série de restrições. A principal delas: não se apaixonar. É lógico que quebrar tal regra vai ser só uma questão de tempo.

Netfliz na Quarentena: Perdi Meu Corpo

Perdi meu Corpo – Jérémy Clapin

Mais um indicado ao Oscar, a singela mãozinha também conquistou muita gente na época de seu lançamento. Na obra de Jérémy Clapin, uma mão decepada escapa de um laboratório de dissecação e começa a vagar por Paris, a procura de seu antigo dono. Ao logo da jornada do membro também conhecemos Naoufel, o dono do membro perdido.

Netflix na Quarentena: Divertidamente

Divertidamente – Pete Docter

É realmente complicado falar de animações sem falar de Pixar. E diante de tal complicação; cedemos!

A história de Riley, que muda de cidade e passa a viver um turbilhão de emoções consegue tocar qualquer pessoa, ainda mais quando conhecemos de perto os conflitos que se estabelecem dentro da mente da menina. Os responsáveis pela raiva, tristeza, felicidade, medo e nojo têm papel central na história.

Por Caio Ramos Shimidzu

Leia mais dicas da Netflix clicando aqui.

Leia mais do Pop with PopcornHome | Instagram