Uglydolls – Crítica

A sociedade impõe padrões de beleza inalcançáveis. Cada vez mais, fazemos sacrifícios e investimos dinheiro em nome do corpo perfeito, uma busca que nos traz infelicidade, quando não é gatilho para doenças como ansiedade e depressão. Além disso, ser fora do padrão é motivo de bullying, especialmente para crianças e adolescentes. Por isso, uma animação como Uglydolls, de Kelly Asbury, é uma pedida obrigatória para levar as crianças.

Na trama, a boneca Moxy (voz de Kelly Clarkson) sonha em ser enviada ao mundo real para ser escolhida por uma criança. Ela vive na cidade de Uglyville, um lugar para o qual são enviados bonecos com defeitos de fabricação. Junto com seus amigos, ela planeja uma fuga da cidade, e encontra o local, liderado pelo galã Lou (Nick Jonas), onde os bonecas passam por “testes de perfeição” antes de serem comercializados.

Embora muito voltada ao público infantil e tenha canções originais pouco memoráveis – apesar do time de dubladores incluir nomes de peso como Bebe Rexha e Pitbull -, a animação consegue cativar o público com sua mensagem importante, transmitida através dos diversos testes que os personagens precisam passar para, supostamente, se aperfeiçoarem, além da desconstrução de Lou, o personagem supostamente perfeito.

A animação tem as cores abundantes de Trolls, por exemplo, mas não tem a sua originalidade e nem sabe usar a música tanto ao seu favor (o filme com Justin Timberlake e Anna Kendrick tinha canções originais caprichadas, mescladas com grandes clássicos da música estadunidense). A principal, assim como a de Trolls, cativa com a sua determinação em seguir seus sonhos, mas falta um pouco de protagonismo nos coadjuvantes – exceto com as seguidoras cegas de Lou, que trazem um efeito cômico e uma crítica à cultura do fã, que alimenta pessoas belas e vazias; e a personagem Mandy (Janelle Monáe), uma das bonecas quase perfeitas, mas que esconde um “defeito”: o uso de óculos. Como uma boneca não descartada, Mandy injeta empatia na trama, fazendo o elo entre as duas comunidades de bonecos.

Por mais esquecível e previsível que sua trama possa ser, Uglydolls diverte e levanta questões importantes sobre padrões de beleza. Mas só a cena final, delicada, já vale o ingresso.

Por Gabriel Fabri

Confira o trailer de Uglydolls clicando aqui.

priminha gostosa www.coheteporno.net encoxada flagra caiu www.grandexxx.com neti transando com www.pornolegende.net advogada mulher pelada noirporno.com professor fazemdo sexu www.veryxxxhd.com sua aluna mural do violetporno.org fotos de www.pornoruhe.net nuas caseiras aline fuegoporno.com suny leone japan sex pretoporno.com vidos