Pornô Para Principiantes – Crítica

Comédia uruguaia Pornô Para Principiantes mostra resistência de um cineasta em dirigir um pornô

Quando pensamos na premissa de Pornô Para Principiantes, co-produção Uruguai/Argentina/Brasil dirigida por Carlos Ameglio, é impossível não lembrar da comédia Pagando Bem, Que Mal Tem?, estrelada por Seth Rogen. O filme uruguaio, entretanto, traz uma abordagem mais “sessão da tarde” da produção de um filme pornográfico por amadores, embora o ponto de partida seja o mesmo: a realização de um pornô para ganhar dinheiro fácil.

Confira a nossa lista de filmes eróticos no Amazon Prime Video clicando aqui

Pornô Para Principiantes é um filme simpático e consegue provocar algumas risadas. O problema está em seu protagonista, Victor (Martín Piroyansky). Em nenhum momento, o personagem embarca na “brincadeira” de fazer uma versão pornô de A Noiva de Frankenstein. Sua resistência ao gênero tira o foco das dificuldades de se fazer um filme desse tipo de maneira amadora e à toque de caixa, o que poderia gerar muitas situações cômicas, para focar nas questões desse personagem pouco cativante, que, apesar de estar prestes a se casar, apaixona-se pela protagonista do filme, Ashley Cummings (Carolina Manica).

A paixonite de Victor por Ashley não convence, e parece mais uma tentativa desesperada do homem de dar algum sentido na sua vida medíocre – no caso, tirar a mulher da indústria pornográfica o faria se sentir uma espécie de herói. Um personagem pouco cativante tentando se firmar, não por fazer um bom trabalho com um “pornô artístico” e criativo, como Ashley sugere, mas firmando seu papel de “macho alfa provedor”. Esse papel se torna, em sua visão, impossível em seu futuro casamento, por conta de seu sogro ser dono de banco e, ele, um jovem sem perspectivas de uma carreira real no cinema.

Pornô Para Principiantes fica mais interessante se lido nessa chave de um homem inseguro que se considera “menor” em uma relação por conta de finanças, mas, mesmo sob esse ponto de vista, poderia ter investido mais na atração de Victor por Ashley e aproveitado melhor o pano de fundo do mundo da pornografia para o humor. Victor, no fundo, não respeita a profissão de Ashley, a trata como uma donzela que precisa ser salva, não respeita o trabalho pelo qual foi contratado (colocando todos em perigo) e tem zero responsabilidades com o seu casamento: o filme bem poderia se chamar ‘Pornô de Um Homem Lixo”.

Por Gabriel Fabri

Assista ao trailer de Pornô Para Principiantes:

Confira a nossa lista de filmes eróticos no Amazon Prime Video clicando aqui

Confira a loja de produtos eróticos da Amazon clicando aqui

Leia mais do Pop with PopcornHome | Instagram