Espontânea

Com Katherine Langford, da série 13 Reasons Why, Espontânea é um filme fora do comum que mostra adolescentes explodindo – literalmente

Adolescentes explodem. Ser jovem é uma fase particularmente complicada da vida de qualquer pessoa, um aperitivo da vida adulta que, muitas vezes, pode ser infernal e um tanto difícil de lidar. Pressões dos professores, da família, dos colegas, das redes sociais e principalmente, de si mesmos, desencadeiam todo o tipo de revolta, doença mental, mágoas e cicatrizes para o resto da vida. Então, por que não causariam uma combustão espontânea? Com Katherine Langford, da série 13 Reasons Why, no elenco, Espontânea é um filme fora do comum que mostra adolescentes explodindo – literalmente.

DICA >> Conheça mais filmes ousados e criativos com o livro Fora do Comum – Os Melhores Filmes Estranhos

A primeira cena do longa-metragem é de uma morbidez deliciosa, surpreendendo o público com a espontaneidade com a qual uma adolescente pode, de repente, explodir. Mara (Katherine Langford) fica com os tênis cobertos de sangue por conta da explosão da colega, e o fato macabro, mas no mínimo inusitado, leva Dylan (Charlie Plummer) a declarar o seu amor pela garota. Afinal, está claro, ninguém vive para sempre. Seria o início de um belo romance? O problema é que novos adolescentes começam a explodir.

espontânea - filme fora do comum - katherine langford

Espontânea tem o seu lado romântico e o seu lado macabro, mas é no drama que o filme de Brian Duffield, baseado no livro de Aaron Starmer, se sustenta. Por mais que adolescentes explodindo possa parecer engraçadinho, o filme pesa a mão nos dramas da idade: não é à toa que todos os jovens que explodem estão prestes a se formar, por exemplo. É o pico da pressão por entrar em uma boa faculdade, destacar-se entre os alunos, a última chance para convidar o crush para o baile, enquanto sobrevive ao bullying e tenta tirar notas boas e, com sorte, iniciar a vida sexual. Sobrecarregados, os jovens explodem.

Além do comentário bem inusitado sobre saúde mental na adolescência, esse filme fora do comum também traz reflexões sobre a efemeridade da vida, em um contexto geral. Não sabemos quando iremos morrer, nem quando as pessoas ao nosso lado irão embora. A vida definitivamente não é lógica e nem justa, e isso é um dos pontos centrais em Espontânea, um filme que é uma grata – e explosiva – surpresa.

Por Gabriel Fabri

Conheça mais filmes diferentes com os livros “Fora do Comum – Os Melhores Filmes Estranhos” e “Fora do Comum – Vol. II: Filmes Ainda Mais Estranhos”, de Gabriel Fabri, abaixo:

Conheça o livro que inspirou o filme Espontânea clicando aqui (somente em inglês)

Leia mais do Pop with PopcornHome | Instagram

Confira as ofertas da Sessão Pipoca da Amazon clicando aqui