Cidade Perdida

Comédia de aventura Cidade Perdida traz Sandra Bullock, Channing Tatum, Daniel Radcliffe e até Brad Pitt no elenco

Na esteira das comédias de aventura recentes como a nova franquia de Jumanji e o infantil Jungle Cruise, a Paramount reuniu um time de estrelas para trazer romance, aventura e risadas em Cidade Perdida. Com direção de Aaron Nee e Adam Nee, o longa-metragem traz, no elenco, Sandra Bullock, Channing Tatum, Daniel Radcliffe e até Brad Pitt como um ex-militar, agora coach de meditação.

Fazendo piada com os romances de literatura erótica que são febre no mundo todo, muito além dos sucessos de After e Cinquenta Tons de Cinza, Sandra Bullock interpreta Loretta, uma autora de uma série de livros de “aventura hot” envolvendo uma arqueóloga e o seu parceiro. Nas capas dos exemplares, está Alan (Tatum), que os fãs da autora amam mais até do que os próprios livros. Desiludida com o lançamento da 19ª sequência, Loretta é lançada em uma aventura de verdade quando é sequestrada por um caçador de tesouros, que acredita que a pesquisa para o novo livro tornou a autora apta a desvendar o mistério de um tesouro esquecido.

Cidade Perdida acerta ao focar todos os seus esforços na dupla Bullock e Tatum. Com química e muito humor, ambos riem de si mesmos na situação de colocar um modelo de capa de revista e uma escritora largados na selva. O foco nos personagens, e não nos perigos da floresta como é de costume, é um grande acerto, ainda mais com o roteiro afiado e dinâmico garantindo momentos divertidos a todo instante. Outro diferencial é a mudança de paradigma na caça ao tesouro: o saber local é valorizado (a dica para encontrar o artefato vem de lá) e o próprio significado do item vai além da riqueza almejada pelos novos, digamos, colonizadores.

Por Gabriel Fabri (@_gabrielfabri)
Jornalista, especializou-se em Cinema, Vídeo e TV pelo Centro Universitário Belas Artes. Colaborou com Revista PreviewRevista FórumEm Cartaz e com o livro O Melhor do Terror dos Anos 90 (Editora Skript). É autor de Fora do Comum – Os Melhores Filmes Estranhos e O Pato – Uma Distopia à Brasileira.
Site | Instagram

Leia mais do Pop with PopcornHome | Instagram