The Morning Show – 1ª Temporada

Série da Apple TV com Jennifer Aniston, Reese Whiterspoon e Steve Carell, The Morning Show discute Me Too e bastidores da TV

Os bastidores de um programa matinal de TV são o tema da série The Morning Show, a grande aposta do serviço de streaming Apple TV na produção de conteúdo original. Com Jennifer Aniston, Reese Whiterspoon e Steve Carell no elenco, o longa-metragem é a melhor produção a retratar o movimento Me Too até o momento.

Embora seja inspirada no livro Top of the Morning: Inside the Cutthroat World of Morning TV, de Brian Stelter, publicado em 2003, muito antes, portanto, da eclosão do movimento Me Too, a série gira toda em volta da questão do assédio sexual. A perspectiva, entretanto, é diferente do filme O Escândalo, por exemplo, que retratou o caso na Fox News que foi o pivô do movimento. O ponto de partida aqui é, justamente, o que acontece depois de que a denúncia foi feita e o responsável demitido, o que dá à produção uma perspectiva única.

Alex (Jennifer Aniston) e Mitchel (Steve Carell) são as estrelas do programa jornalístico matinal de maior audiência nos EUA há 15 anos. Na calada da noite, Mitchel é demitido diante de acusações de assédio sexual. É hora para os jogos de poder nos bastidores e a tentativa de segurar o programa diante da queda de uma suas estrelas, enquanto Alex se prepara para não cair junto com o ex-colega.

Ao longo de dez episódios, Jennifer Aniston e Reese Whiterspoon brilham em seus papéis – Whiterspoon como uma jornalista do interior que cai de paraquedas no The Morning Show, um programa em frangalhos que está tentando se reinventar. Essa perspectiva torna The Morning Show bastante original, pois parte do pressuposto de que a tempestade não acaba com a demissão do problema.

Carell, destruindo uma televisão enquanto grita que não estuprou ninguém, por exemplo, quase faz os públicos tomar as suas dores. Sua imagem de algoz é meio borrada, e levanta também outras questões envolvendo o movimento, como o fato de que reputações podem ser destruídas em segundos, e que isso pode ser usado como arma, para o bem ou para mal. Entretanto, depois de plantar dúvidas, a série vai aos poucos investigando mais a fundo o comportamento do personagem.

Com brilhantes atuações, especialmente de Aniston, The Morning Show é uma série envolvente e impactante, além de extremamente atual. É também pertinente pela questão do ambiente jornalístico, trazendo também uma reflexão sobre as práticas de reportagem e produção de um programa de TV.

Por Gabriel Fabri

Veja o trailer de The Morning Show:

Assista à The Office, com Steve Carell, no Prime Video: clique aqui para se cadastrar por 30 dias grátis.

Leia mais do Pop with PopcornHome | Instagram