Cozinhar F*der Matar (44ª Mostra Internacional de Cinema)

O filme tcheco Cozinhar F*der Matar é destaque na 44ª Mostra Internacional de Cinema

Um homem é impedido de ver os filhos na casa de sua avó. Ele só poderá vê-los se conseguir para a sua namorada o apartamento dos pais, mas a sua mãe é relutante em lhe entregar as chaves de onde mora – talvez, quem sabe, se ele convencer o pai a fazer o almoço, ou se ele a matá-la. Essa premissa maluca é a do filme tcheco Cozinhar F*der Matar, de Mira Fornay, exibido no Festival de Roterdã. O longa-metragem integra a programação da 44ª Mostra Internacional de Cinema.

Gosta de filmes diferentes? Confira mais filmes ousados e criativos no livro Fora do Comum – Os Melhores Filmes Estranhos clicando aqui

Cozinhar F*der Matar segue a linha do cineasta grego Yorgos Lanthimus, fazendo também um retrato de uma família disfuncional, como a de Dente Canino ou a de O Sacrifício do Cervo Sagrado, com toques de estranheza, para não dizer de surrealismo. Jaroslav é o epicentro dessa trama bizarra, na qual ele é perseguido por mulheres de um supermercado, quase é assassinado por uma jukebox e ainda fala com sapos.

cozinhar f*der matar - cook fuck kill - 44ª Mostra Internacional de Cinema

Fornay tenta, com sucesso, falar sobre os atritos nas relações familiares, hiperbolizando-os na chave do absurdo. Quem assistir a Cook F*ck Kill com a cabeça aberta, com certeza vai apreciar o roteiro criativo, que costura várias possibilidades, muitas delas irreais, para as soluções dos conflitos em família.

Por Gabriel Fabri

Confira mais filmes ousados e criativos no livro Fora do Comum – Os Melhores Filmes Estranhos clicando aqui

Assista a Cozinhar F*der Matar acessando o Mostra Play clicando aqui

Confira o trailer de Cook Fuck Kill:

Leia mais dicas da 44ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo clicando aqui

Leia mais do Pop with PopcornHome | Instagram