Saint Maud

Com produção da A24, terror Saint Maud é uma experiência sensorial para discutir a fé, o fanatismo e questões existenciais

Horror e religião estão sempre interligados, uma vez que ambos estão ligados a fenômenos que não entendemos. O longa-metragem de estreia de Rose Glass Saint Maud, entretanto, na contramão de usar o sobrenatural para criar uma história assustadora, usa-o como uma experiência sensorial para discutir a fé, o fanatismo e questões existenciais como o nosso propósito no mundo. O filme tem produção da A24 e chega ao Brasil direto para a compra e aluguel nas plataformas digitais de Video On Demand (VOD).

Maud (Morfydd Clark), a santa do título, é uma enfermeira que é designada a cuidar de Amanda (Jennifer Ehle), uma ex-bailarina que está com câncer terminal. A jovem, entretanto, é tão devota de sua paciente quanto é devota a Deus e acredita que, de alguma forma, seu dever é mais do que ajudá-la a passar pelos seus últimos dias enfrentando a doença.

saint maud a24

Saint Maud evoca, de certa forma, os filmes da chamada trilogia Coração de Ouro, do dinamarquês Lars von Trier. Sem o mesmo grau de provocação, o filme discute temas em comum com a trilogia que traz protagonistas tão boas e puras que podem ser comparadas com santas. A questão aqui é que Maud aqui tem uma consciência, real ou não, de que ela é um ser especial, no sentido divino da palavra. Sua fé a leva a acreditar que ela tem, de fato, um propósito, talvez o de salvar a bailarina.

Com um final bastante interessante, Saint Maud é uma provocação religiosa, ao retratar uma devota que é engolida por sua fé – essa, transformada em fanatismo. Com elementos de horror, o filme é ponto fora da curva nas produções do gênero e está muito mais interessado na construção dessa personagem cuja única coisa que lhe resta é a fé do que em uma atmosfera de horror ou no sobrenatural. Entretanto, podia ter explorado melhor essa faceta para testar ainda mais a fé e a sanidade da protagonista.

Por Gabriel Fabri (@_gabrielfabri)
Instagram | Site

Confira o trailer de Saint Maud abaixo:

Leia mais do Pop with PopcornHome | Instagram