O Homem nas Trevas 2

Com roteiro de Fede Alvarez, terror O Homem nas Trevas 2 chega às plataformas digitais

Lançado em 2016, o primeiro O Homem nas Trevas consolidou o uruguaio Fede Alvarez como um dos nomes mais promissores do horror. Ousado, perturbador e alucinante, o primeiro filme mostrou que o gênero terror tem espaço para inventividade em Hollywood. O mesmo, entretanto, não se pode dizer de O Homem nas Trevas 2, no qual Fede Alvarez assume como roteirista ao lado do diretor Rodo Sayagues. O terror acaba de chegar para aluguel nas plataformas digitais.

Enquanto o primeiro longa-metragem subvertia a lógica dos filmes de invasão de domicílio, colocando o perigo justamente no dono da casa e não nos invasores, O Homem nas Trevas 2 volta à lógica tradicional: o vilão do primeiro filme, um veterano de guerra cego interpretado por Stephen Lang, tem novamente a sua residência invadida, mas, dessa vez, ele não é o algoz do filme – e sim os invasores que, por algum motivo, querem mexer com a filha do velho, de 8 anos.

Simpatizar com o personagem de Lang depois do perturbador primeiro longa-metragem é a coisa mais desconcertante de O Homem nas Trevas 2. Mas é inevitável, afinal, ele está, de certa forma, no papel de protetor da garota com a qual os assaltantes querem mexer. Mesmo que o passado do personagem nos faça questionar – e temer pelo pior – a respeito de como o senhor conseguiu essa filha, interpretada por Madelyn Grace, é inevitável torcer para que ele consiga protegê-la. O monstro é o mesmo, mas as circunstâncias mudaram, e o público é colocado ao lado de quem teve medo, nojo e repulsa no primeiro filme.

O Homem nas Trevas 2 tenta fugir de uma continuação inevitável de terror, na qual um novo grupo invadiria a casa, e temeríamos novamente pela vida dos jovens assaltantes. Entretanto, toda a execução deixa a desejar. Não há mais a claustrofobia do primeiro filme, as reviravoltas que tornavam a vida dos personagens mais complicadas, o jogo de gato e rato inteligente, a revelação macabra. Há uma série de vilões desprezíveis e desinteressantes, uma explicação forçada demais para justificar toda a trama e nenhuma grande surpresa para justificar essa sequência.

Por Gabriel Fabri (@_gabrielfabri)
Jornalista, especializou-se em Cinema, Vídeo e TV pelo Centro Universitário Belas Artes. Colaborou com Revista PreviewRevista Fórum Em Cartaz. É autor de Fora do Comum – Os Melhores Filmes Estranhos e O Pato – Uma Distopia à Brasileira.
Site | Instagram

Veja mais de Fede Alvarez:

Leia mais do Pop with PopcornHome | Instagram

priminha gostosa www.coheteporno.net encoxada flagra caiu www.grandexxx.com neti transando com www.pornolegende.net advogada mulher pelada noirporno.com professor fazemdo sexu www.veryxxxhd.com sua aluna mural do violetporno.org fotos de www.pornoruhe.net nuas caseiras aline fuegoporno.com suny leone japan sex pretoporno.com vidos